Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

Entrevista ao Vereador da Cultura, Dr. José Licínio Pimenta.

1.     Quais eram as suas expectativas quando assumiu o cargo de Vereador da Cultura?

“ Eram e continuam a ser grandes, aumentar a cultura e dinamizá-la. Ajudar o concelho a ter espaços, como a Biblioteca Municipal e a requalificação do Cineteatro Alba. Somos um concelho rico em várias áreas, mas é necessário criar um espírito de trabalho e é necessário demonstrar isso, a partilha existente, o exemplo do Albergaria ConVida. É importante definir a forma como a Câmara se deve relacionar com as diferentes colectividades.”

 

2.     Quais as grandes linhas de aposta para a cultura deste concelho?

A concretização e o reforço e a dinâmica como o inicio, ter e fazer, não só ter. Por exemplo: Temos o exemplo dos grupos de teatro que estão a trabalhar e este ano viu-se mais aderência, estão em constante evolução, existem neste momento 3 companhias de teatro. É necessário dar visibilidade aos acontecimentos para que eles cresçam. “

3.     Quais as prioridades que têm privilegiado na cultura e porquê?

“O Cine-Teatro Alba e a Biblioteca são as prioridades. O Cine-teatro porque é o nosso principal centro de cultura, sendo ele que nos dá uma maior dinâmica cultural, visibilidade. A biblioteca está relacionada com a escola, com a formação das pessoas”

 

4.     Fale-nos do projecto lançado em 2006 para a remodelação do Cineteatro Alba.

“Este projecto assenta na manutenção da história, não adulterar muito o espaço, para o público e aqueles mais saudosistas não estranharem, mas que seja algo de bonito e agradável para aqueles que lá vão. Queremos dar condições para aqueles que lá trabalham e para o público. O cine-teatro é uma obra de restauro.”

 

 

4.1. Qual a razão porque tarda a remodelação?

“O dinheiro é o maior problema neste momento que impede a concretização do projecto.”

 

 

4.2   Parecendo-nos que o Cine-teatro Alba poderá vir assumir um papel de relevo na divulgação e promoção da cultura nesta vila, que opções tem ele? Uma grande sala multifacetada? A que níveis?

“ Ser uma sala multifacetada, com vários eventos diferentes. Pretende-se divulgar a dinâmica do concelho, mas também demonstrar algo que não seja de cá, de maneira a enriquecer e fazer com que a sala cresça.”

 

 

 

 

 

5.     Que tipos de iniciativas foram tomadas pela Câmara Municipal para tornar Albergaria mais apetecível em termos culturais?

“Podemos investir em espectáculos que vão e vêm, ou então investir em algo que fique cá. Existiu um concurso de bandas em Espanha, e a Banda da Branca foi seleccionada a para participar e ganhou o concurso que envolvia mais 3 bandas da Espanha e Holanda. Para mim é bastante importante que tal tenha acontecido. Foi o fruto das nossas escolas de músicas. Há imensa gente a trabalhar no artesanato, para além de um hobby, essas pessoas ganham com isso, da mesma maneira que as Tasquinhas na altura do Verão ganham. São colectividades que investem. Todos os meses, há sempre uma feira de artesanato no concelho. Os grupos de teatro ( Telhadela, Albergaria ; O Albergaria ConVida, com as feiras de artesanato e com as tasquinhas  e com a animação que chega a todo o tipo de público.”

 

6.     Que tipos de colaborações ou ideias tiveram por parte de colaboradores ou próprios habitantes de Albergaria-a-Velha e que ajudam nas vossas opções como autarcas? São os Albergarienses activos?

“Não há tradição de andar a questionar as pessoas. Quando nos candidatamos apresentamos um programa, as pessoas ou votam ou não, e temos conseguido cumprir o programa, umas vezes mais rápidas que outras e com visibilidade, outras nem tanto. No final do 1º Albergaria ConVida, assim como nos seguintes, passamos um inquérito a todos os participantes e intervenientes, e aí eles puderam dar a sua opinião. As pessoas são participativas, e podem fazê-lo, através dos nossos e-mails, telefones e até por carta. E tudo aquilo que pretendemos fazer está presente na Agenda Cultural, todos têm acesso porque é gratuitamente. Ninguém tem a desculpa que não soube que se iria realizar isto ou aquilo.”

 

7.     Já pensaram fazer algum evento à escala nacional, utilizando as tradições da nossa vila? Se já se realizaram, qual (ais) e em que âmbito?

“A taça da liga de basquetebol, durante uma semana, e na qual Albergaria foi falada através da comunicação social. Dois jogos da selecção nacional de futsal, da selecção de andebol; A presença do Professor José Hermano Saraiva; E a Expoflorestal que, apesar de ser destinado a um público próprio, chama muita gente, das maiores que se realizada a nível Nacional. Para mim, cultura é tudo aquilo que nos enriquece, e este evento não deixa de ser cultura, adverte para a educação ambiental.”

 

8.     O que pensa do concurso em que estamos envolvidos? De que modo acha que contribuirá para dar a conhecer a nossa vila?

“A mais-valia é que põe as escolas a falar e a reflectir sobre o sitio onde estão inseridos. O importante é o que fica e o que não nos esquecemos.”

 

publicado por albergariacriativa às 15:58
link do post | comentar | favorito

. ver perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Festival do Biscoito

. Palestra

. Peça de Teatro

. Palestra "Albergaria-A-Ve...

. Reunião com o Doutor Delf...

. Entrevista ao Vereador da...

. Agenda Cultural.

. Dia de São Valentim

. Entrevista à D.Margarida.

. CCC on the road

.Antigos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds