Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

História de Albergaria-a-Velha: Parte 2

        

Napoleão Bonaparte (1769-1821)

 

 

         No inicio do sec. XIX, Napoleão Bonaparte invadiu o nosso país e alcançou as terras que hoje constituem o concelho de Albergaria-a-Velha. Algumas destas investidas ficaram dolorosamente marcadas na memória do povo dignificado pela sua resistência contra o invasor.

          A primeira invasão, comandada por Junot, entrou em Portugal em Novembro de 1807, com cerca e trinta mil homens franceses e onze mil espanhóis, os quais, tendo cometido roubos e  atrocidades habituais, ocuparam Lisboa sem qualquer restrição porque o exército português nao reagiu, cumprindo ordens do Príncipe Regente que, com a Corte, tinha partido para o Brasil, pouco antes da entrada dos franceses.

          Os franceses acabaram por ser derrotados pelo exército Anglo-Luso em Agosto do ano seguinte. De acordo com a convenção de sintra (negociada entre ingleses e franceses), as tropas de Junot puderam regressar ao seu país levando as suas armas e os objectos roubados.

         Porém foi a segunda invasão francesa com a entrada por Chaves, em Fevereiro de 1909 e comandada pelo Marechal Soult, que causou mais sofrimento.

         Em 28 de Março, o exército inimigo entrava no Porto retardado pelas tropas portuguesas.

         Depois da ocupação da cidade do Porto, a intenção das tropas francesas era atingir Lisboa. Para isso foram até ao Rio Vouga preparar a passagem até à capital. Os franceses percorreram a margem direita, ocupando Mouquim, Serém, Alquerubim, S.joão de Loure, Angeja, e Albergaria-a-velha.

         Do outro lado do Vouga estavam as tropas portuguesas comandadas pelo Coronel Trant e entre elas o corpo Militar Académico, formado por voluntários.

         O povo sentiu directamente esta invasão e a violência das tropas napoleónicas que começaram nas exigências e acabaram em roubo, espancamento, violação e assassinato.

         O povo português reagiu e atacou o invasor.

 

 

tags:
publicado por albergariacriativa às 16:09
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

História de Albergaria-a-Velha: Parte 1

Lápide que hoje se encontra no átrio da Câmara Municipal.

Foi retirada ao edifício do antigo Hospital (já demolido)

"ALBERGARIA DE POBRES E PASSAGEIROS DA RAINHA D. TERESA COM 4 CAMAS E 2 ENXERGÕES E ESTEIRAS, LUME, ÁGUA, SAL, FOGO E CAVALGADURAS E ESMOLA E OVOS OU FRANGOS AOS DOENTES"

Declarado por D.Thareia (D.Teresa)

 

         Albergaria-à-Velha foi fundada antes do reino de Portugal. Esta, anteriormente, era designada apenas por "Albergaria" e ganhou o sufixo de "Velha", por ser a mais antiga Albergaria conhecida na hístoria de Portugal e terras hispânicas. 

 

         Segundo a história, numa das suas viagens de regresso ao Norte, D.Teresa (mãe do primeiro Rei de Portugal, era filha ilegítima de D.Afonso VI de Leão. Casou com Henrique de Borgonha, Conde de Portugal, por volta de 1096.) foi acolhida no lugar de Osseloa, pertencente a Gonçalo Eriz, onde foi "aliviada" de um parto. Perante isto, foi criada a "Carta do Couto" ao governante da villa de Osseloa, declarando que, daquele dia em diante, o couto serviria para uma Albergaria (Através da cedência de terras a Gonçalo Eriz), onde seria oferecida hospitalidade a todos os viajantes que necessitassem de abrigo. A ocorrência e declaração desta carta, foi datada de Novembro de 1117.

 

         Curiosidades:

    • Localidades em que existe também o vocábulo "Albergaria":
  • Albergaria-à-Nova
  • Albergaria-à-Velha
  • Albergaria dos doze > Pombal
  • Albergaria da Serra (antigamente: Albergaria das Cabras) > Arouca
tags:
publicado por albergariacriativa às 16:51
link do post | comentar | favorito

. ver perfil

. 4 seguidores

.pesquisar

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. História de Albergaria-a-...

. História de Albergaria-a-...

.Antigos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds